sábado, 28 de janeiro de 2017

Gravatá PE

Igreja Matriz de Sant’Ana

A Igreja Matriz de Sant’Ana foi dedicada na manhã do dia 15 de novembro de 1940. Ela substituiu a antiga Matriz que datava de 1822. Os trabalhos de construção começaram em 1937 e duraram três anos, graças à generosidade dos fiéis. O templo foi concluído em curto espaço de tempo e foi dedicado pelo então arcebispo de Olinda e Recife.
Atualmente, a Igreja é o centro irradiador do trabalho pastoral em toda cidade, com capacidade para mais de 800 pessoas sentadas, sua torre de mais de 40 metros é ponto turístico da cidade. Além das atividades e cerimônias religiosas a Igreja de Sant’Ana sediou encontros e espetáculos de música erudita.
Alto do Cruzeiro 

No Alto do Cruzeiro se encontra a Capela do Cristo Rei e a estátua do Cristo Redentor, inaugurada em 01 de janeiro de 1900 para receber o novo século.
O acesso pode ser de carro, ou pelos 365 degraus cimentados da chamada Escada da Felicidade. Lá de cima a vista panorâmica do município pode ser contemplada além do pôr do sol no final da tarde.





  

 









quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Num passeio de Fusca o Cantor Rivaldo da Dupla com Ricarte Visitou seu Lugar de Infância em Gravatá PE

Motivado por duas paixões: o fusca e seu lugar de origem, Rivaldo voltou ao Sítio Pedra Miúda numa visita repleta de recordações e reencontros.

O sitio Pedra Miúda em Gravatá PE é o lugar de infância do cantor Rivaldo que faz dupla com Ricarte, atualmente morando em Caruaru voltou as suas origens num passeio onde relembrou momentos inesquecíveis junto aos irmãos no lugar onde nasceu.

A visita a Gravatá cidade natal começou na Feira Livre passando pelo Alto do Cruzeiro, Mercado Público e a Igreja Matriz de Sant'Ana, mas foi no sitio que o cantor reencontrou sua história e raízes ao passar pela estrada que era caminho por onde passava sempre ao lado dos umbuzeiros, do Rio Ipojuca que na sua infância mergulhava com os amigos, na casa onde morou e brincava idealizando seus sonhos e construído seus valores.

A seca que castiga a região não tirou a beleza do lugar que guarda boa parte da história da família e traz de volta lembranças que não se apagam com o tempo.